Mitologia nórdica é tema para série de Gilberto Rios

 

Tema central une realidade à ficção e encanta jovens leitores durante a Feira do Livro

 

Apostar num nicho de leitores e desenvolver a partir dele, inúmeras histórias. Muitos escritores descobriram o caminho até grupo e investiram na literatura mesclando o real à fantasia. 

 

Para o escritor, professor e jornalista Gilberto Rios, que falou a uma sala lotada durante a Feira do Livro, o interesse dos jovens passa também pela história e pela receita já descoberta de outros autores de renome internacional; a literatura fantástica.

 

 Autor com três livros lançados, prepara-se para o lançamento de uma série que aborda a mitologia nórdica e seus mistérios. “Fico feliz e  de ver como a ficção ainda encanta esses jovens, mas percebo que vivemos num mundo de faz-de-conta”, conta.

 

Para ele, a necessidade de misturar o real ao imaginário potencializa sua narrativa. “Há questionamentos sobre o real dentro da minha obra e outras questões históricas que podem cair no vestibular”. 

 

“As nornas: o candelabro vara sete”, já disponível na versão digital, ganha em breve a versão física, e outros cinco livros da série. A história é resultado de sete anos de trabalho. “Tem que trabalhar com singularidade, para que a internet nos beneficie e não nos sufoque”, comentou ao falar sobre os sucesso da versão on-line disponível pela internet. “É a  fantasia que nos dá um dia-a-dia menos tenso”. 

 

O enredo preparado por Rios, exigiu tempo, disposição e muita pesquisa. Em meio à fantasia, o escritor pinçou elementos históricos. “Há questões políticas, mas há bruxas, há religião, reis, numa cidade real, no ano de 1864”. A obra de Rios chamou a atenção de quem visitou a feira, como um grupo vindo de Marechal Cândido Rondon, onde a obra foi estudada. “Queríamos mais uma palestra”, disse a professora de uma das turmas. 

 

A obra do escritor deverá ser lançada em Feira de Santana  no final do ano, e ainda não tem data para o lançamento em Foz.