Show de Circo na Praça da Bíblia encerra festival em Foz

Por, assessoria

Espetáculo gratuito nesta quinta-feira é aberto para a comunidade; seis grupos participam

 

Uma grande apresentação com seis artistas e companhias circenses marcará o encerramento do 2º Festival de Circo Social da Fronteira. O show artístico será nesta quinta-feira, 29, às 19 horas, na Praça da Bíblia, na região do Jardim São Paulo. 
 
Gratuito e destinado a públicos de todas as idades, o espetáculo terá a participação da trupe TartaCircus (SC). A programação contará também com Circatrus, de Santa Terezinha de Itaipu (PR), Valdirene Silva, da Escola Nacional de Circo (RJ), alunos do Núcleo de Circo Fronteira e a companhia Trupe Luz da Lua, os dois coletivos de Foz do Iguaçu. 
 
A atividade cultural na praça pública terá palhaços que resgatam os conceitos e a estética do circo tradicional. Os números são interativos, com trocas entre os artistas e o público, e incluem malabares, acrobacias aéreas, performances, equilíbrio, monociclo e outras modalidades.
 
“Será um show com muito riso, brincadeira e energia”, revela Thiago Silva, integrante da Trupe Luz da Lua e um dos coordenadores do Festival de Circo Social. “A ideia é ocupar a praça com circo e pessoas, ressignificando o espaço público pela arte”, reflete. 
 
Circo nas comunidades 
A segunda edição do Festival de Circo Social da Fronteira acontece de 26 a 29 de novembro, com espetáculos itinerantes em 16 espaços públicos de Foz do Iguaçu. As apresentações dos grupos do Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Argentina e Paraguai são todos gratuitos. 
 
O festival é promovido pelo Núcleo de Circo e Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, e conta com recursos do Parque das Aves e apoio da Fundação Cultural. O objetivo é promover o acesso da população à arte do circo, com espetáculos, oficinas e rodas de conversa. 
 
A mostra é baseada na metodologia do circo social, ferramenta de formação para as artes que promove a inserção, a cidadania e o protagonismo infantojuvenil. Este segmento considera as trocas e interações humanas mais importantes do que as hierarquias e divisões. 
 
Coletivo de circo 
O Núcleo de Circo Fronteira foi criado em 2005 e formalizado em 2010. O grupo desenvolve oficinas de formação em projetos sociais, em parceria com organizações sociais e o poder público. O coletivo é o mantenedor da Trupe Luz da Lua, que faz apresentações permanentes na região das Três Fronteiras e participa de festivais em várias cidades do Brasil.
 
A trupe foi contemplada com o Prêmio Palhaço Carequinha, da Fundação Nacional da Arte. Em 2016, realizou o 1º Festival de Circo da Fronteira e no ano passado passou a integrar a Rede Circo Mundo Brasil. No país, o colegiado de abrangência internacional reúne 22 instituições. O Núcleo de Circo Fronteira mantém intercâmbio artístico com a Escola de Circo de Londrina. 
 
 
Programação 
28 de novembro (quarta-feira) 
Associação Fraternidade Aliança
Nosso Canto
Lar dos Velhinhos
 
29 de novembro (quinta-feira) 
LBV
CRAS Norte
Praça da Paz 
Escola Morumbi
Escola Três Lagoas
Praça da Bíblia 
 
Para saber mais sobre a programação: (45) 99813-1000 e 99921-3319.