Cê na Sexta apresenta Concerto de Música Eletroacústica

Apresentação do Grupo de Música Contemporânea da Unila acontece nesta sexta-feira, 15, às 19h30, na Fundação Cultural

 

O “Cê na Sexta”desta sexta-feira (15) oferece ao público um Concerto de Música Eletroacústica que promove a fusão de sons eletrônicos, ambientais e de objetos. A apresentação conduzida pelo Grupo de Música Contemporânea da Unila acontecerá às 19h30, na Fundação Cultural e a entrada é franca.

Ao todo serão executadas onze composições sonoras de autores brasileiros, paraguaios e argentinos que traduzem o cotidiano da cultura latina, em seus aspectos geográficos e socioculturais. As peças, em sua grande maioria, são fruto das atividades da disciplina de Música Eletroacústica do Curso de Música da Unila.
A comunidade terá acesso a experiências inéditas do que está sendo produzido musicalmente na fronteira. É o que conta o professor de música e curador, Marcelo Villena. “Em alguns casos, é a primeira experiência dos autores neste gênero, abordando estéticas e metodologias diversas como a música eletrônica (que gera os materiais a partir de sintetizadores), a música concreta (que parte da gravação de sons “do mundo” retirando sua referência à fonte original) e paisagens sonoras (que tratam as gravações ambientais de forma a aludir ao seu contexto sonoro de forma global)”, expressou Villena.

Uma das obras intitulada “Puente de la amistad, de autoria de Orlando Martínez, é um dos exemplos de como a música e os sons retratam a identidade e a cultura comuns a uma comunidade. A peça musical narra os sons ambientais de um trajeto bastante comum na vida dos cidadãos da região. É uma paisagem sonora sobre o caos veicular na ponte de amizade e lojas comerciais no centro da cidade de Ciudad del Este. O autor vai de Foz do Iguaçu ao CDE de moto, chegando ao microcentro sai da motocicleta, percorre as lojas atravessando a diversidade de idiomas e a realidade cotidiana nesse local e então acaba voltando para Foz do Iguaçu.

Cê na Sexta

O projeto Cê na Sexta é mais uma das parcerias envolvendo a Fundação Cultural e a Unila e  visa difundir a cultura e marcar o encontro da comunidade com a produção artística local. A cada sexta-feira são desenvolvidas atrações nas áreas de dança, música, teatro e literatura. Na música, o responsável é o Regente Gustavo Henrique, nas Artes Cênicas, o ator André Macedo, na Dança, a coreógrafa Sandra Zotovici, e na área de literatura, a escritora Jeane Hanauer.