Oficina de Teatro encerra atividades com apresentação de obra de Nelson Rodrigues

Baseado na obra “Perdoe-me por me traíres”, peça é interpretada por alunos que participaram da oficina de teatro na Fundação Cultural; apresentação acontece na terça-feira, às 20h, na instituição

Depois de mais de três meses de muito ensaio e aprendizagem sobre técnicas corporais e dramaturgia, os alunos que participaram de uma oficina de teatro pública apresentam ao público, nesta terça-feira (12), às 20h, na Fundação Cultural, o resultado da dedicação e do compromisso com a arte com a releitura da peça “Perdoe-me por me traíres”. A entrada é franca.
A releitura da obra de um dos maiores dramaturgos brasileiros será interpretada por um elenco formado por quinze atores e atrizes que mergulharam no universo do teatro, da consciência sobre o corpo e das interações sociais. Dinâmicas em grupo e solo exploraram a sensibilidade e o conhecimento sobre o espaço e a representação da vida através do teatro.

As aulas aconteceram todas as terças e movimentaram a Fundação Cultural, instituição que em parceria com a Proex – Pró-reitoria da Unila – ofereceram gratuitamente a oficina à comunidade. Coordenada pelo ator André Macedo de Souza e sob a direção de Thiago Lopez Turcatti, a atividade teve o enfoque de “ buscar o aperfeiçoamento da sensibilidade das (dos) alunas e alunos, ao que toca a ética, a estética e a técnica da linguagem teatral. Além disso, busca o esclarecimento pessoal sobre as relações humanas na sociedade capitalista, a partir do teatro como laboratório e lugar de produção de acontecimentos cotidianos para reflexão e transformação”, completou Turcatti.

Diego Carvalho, um dos participantes da oficina, elogiou a iniciativa pública e falou da importância do curso para ele que está se aperfeiçoando na carreira de ator. “Muito bom, a gente está conseguindo, além de ensaiar, criar vínculo entre todos. Foi muito interessante, realmente um grande aprendizado para quem gosta de arte e a peça é uma verdadeira desconstrução dos conceitos superficiais que marcam o nosso cotidiano”.

A oficina é mais uma das atividades que vem transformando a Fundação Cultural em um espaço de arte, cultura e movimento. Toda vitalidade é resultado da ação governamental em parceria com importantes instituições como a Unila e o PTI. Além da oficina de teatro, a Fundação ofereceu à comunidade juntamente com os parceiros oficinas públicas de produção cultural, capacitação profissional em sonoplastia e iluminação, além de espetáculos como o “Rainha do Rádio” e o “La Cena”, da Companhia G2 de ballet do Teatro Guaíra.

Elenco
Agnes Caroline, Karoline Lopes, Maria José da Silva, Pedro Henrique, Matheus Wellington, Laura Maurraí, Luísa Martins, Diego Carvalho, Letícia Chaves, Sara Heloísa, Tainara Laise, Fabiano de Lima, Gregory Striker, Rodrigo Wenceslau.