06
maio
Orquestra de Câmara do Oeste do Paraná
20:00 até 21:00
06-05-18

Espetáculo acontece no auditório da Unioeste, às 20h; concerto é um projeto cultural da Amop e Itaipu e conta com apoio da Universidade e da Fundação Cultural

Depois “Memória de Brinquedo”, da Cia Curitiba de Dança, que encantou a cidade na semana retrasada, o Projeto Integrado Música e Dança apresenta neste domingo (06) a Orquestra de Câmara do Oeste no Paraná. O espetáculo acontecerá, às 20h, no auditório da Unioeste. A realização é da Amop – Associação dos Municípios do Oeste do Paraná – em parceria com a Itaipu Binacional e conta com apoio da Fundação Cultural e da Unioeste.

A Orquestra de Câmara do Oeste do Paraná é mais uma obra de qualidade que será ofertada gratuitamente à população de Foz do Iguaçu. Regida pelo experiente e conceituado Maestro Daniel Bortholossi, a Orquestra está em pleno desenvolvimento e se lança como o primeiro núcleo camerístico do oeste do Paraná.

A apresentação contará com um repertório composto de obras eruditas e populares. Músicas de rara beleza e intensidade, que além de despertar emoções no público, serão acompanhadas de explicações sobre a construção e história de cada composição.

A orquestra de excelente nível é o objetivo a ser alcançado pelos estudantes da região com potencial artístico musical, formando uma “vitrine” de um futuro e mais abrangente projeto educacional.

A ideia do Projeto Integrado de Música e Dança é justamente esse: unir o prazer pela arte ao desenvolvimento de novas plateias, talentos e troca de conhecimentos.

Orquestra de Câmara

A orquestra de câmara é um grupo instrumental composta por um menor número de músicos e instrumentos musicais do que se comparada com uma orquestra. Normalmente realiza apresentações em ambientes restritos, daí o nome “câmara”, que nesse caso é referência ao local destinado a apresentação. Enquanto uma orquestra sinfônica ou filarmônica é composta por mais de cinquenta instrumentos e destina-se a apresentação em grandes teatros ou mesmo áreas externas, a orquestra de câmara é composta por poucos instrumentos, destinada a apresentação no interior de edificações, para um público mais reduzido.