07
set
Feirinha da Independência
16:00 até 22:00
07-09-18

Edição especial funcionará das 16h às 22h e contará com apresentações de teatro, poesia urbana e shows promovidos por bandas locais

Nesta sexta-feira (07), feriado de Independência, a comunidade tem encontro marcado com mais uma edição especial da Feirinha da JK.  O atrativo que acontece na terceira pista da avenida vai funcionar das 16h às 22h com várias atrações artísticas.

Além da variedade gastronômica e do artesanato, a novidade é a cena cultural que vai eletrizar  a Praça da Paz. A Feirinha da Independência contará com intervenções teatrais, poesia urbana e com apresentações de acústicos e shows promovidos por bandas locais de rock como Reação Química, Experience e Mal Pagos.

Feirinha

Atualmente, a feira conta com aproximadamente duzentos expositores.  Em pouco mais de um ano, o espaço vem atraindo a cada dia mais feirantes que vêm aperfeiçoando e diversificando a oferta de novos produtos e experiências à comunidade.  De acordo com o Diretor Presidente da Fundação Cultural, toda essa vitalidade cultural é reflexo do comprometimento entre o Poder Público, feirantes e a sociedade para reestruturar e valorizar as cinco feirinhas que integram o projeto Feira Livre das Nações. “Consideramos as feiras os mais importantes espaços de convivência, trocas culturais, e promovem experiências coletivas fundamentais para melhorar a qualidade de vida das pessoas”, comentou Rodrigues.

Projeto Feira Livre das Nações

Feirinha da JK compõe o projeto Feira das Nações que acontece em cinco locais: Vila A (nas quarta-feiras); na Praça da Bíblia (aos sábados); Bosque Guarani (às sextas-feiras), Vila Yolanda (sextas-feiras) e na Av. J.K. (aos domingos). A gestão da feira é de responsabilidade da Fundação Cultural compartilhada com a Prefeitura de Foz do Iguaçu.

A intenção da feira é democratizar o acesso à população ao entretenimento, a aquisição de produtos diferenciados e o consumo de alimentos provenientes da agricultura familiar.  O enfoque é valorizar o trabalho dos artesãos e dos produtores locais.

 

feirinha da JK é o resultado de uma fusão, realizada em 2007, entre o  projeto Antiquarium, organizado pela Fundação Cultural, e a Feira Livre do Produtor. A Antiquarium que acontecia em frente à Fundação era voltada para o artesanato local e antiquários.