01
jun
Cê na Sexta apresenta clássicos do teatro
19:30 até 20:30
01-06-18

Nesta sexta-feira, “Cê na Sexta” apresenta clássicos do teatro

Escola Superior de Bellas Artes do Paraguai encena esquetes e musicais de Shakespeare, Victor Hugo e Emiliano Fernandez; apresentação acontece na Fundação Cultural; às 19h30

Estudantes da Escola Superior de Bellas Artes do Paraguai (ESBP) trazem ao “Cê na Sexta” esquetes teatrais e musicais baseadas em grandes clássicos da literatura. A apresentação acontecerá nesta sexta, 01, na Fundação Cultural e marca a integração da arte na região trinacional.

Ao todo serão 09 esquetes teatrais que contam com declamações, encenações e musicais. Cenas de obras reconhecidas como “Os miseráveis” de Victor Hugo e “Hamlet” de Shakeaspeare ganham uma interpretação latina. As obras são traduzidas para a linguagem oficial do Paraguai que mistura o castelhano e o guarani.

Além da dramaturgia, parte das esquetes são acompanhadas pelo Coral Polifônico ARS Canendi da ESBP e integram a música ao teatro. O espetáculo leva a assinatura do diretor de teatro da ESBP, Juan Bartolomé Ortega e reflete o trabalho desenvolvido nas áreas de teatro e música da Escola de Bellas Artes do Paraguai.

O encerramento da apresentação conta com uma declamação coral da obra do poeta e músico paraguaio, Emiliano Fernández Rivarola. Autor de mais de 200 poemas, ele é considerado um dos principais exponentes da poesia popular e da polca paraguaia. A homenagem simboliza a importância do artista para a memória e a identidade do país vizinho. “Poucas vezes na história de qualquer país sucede em que um poeta é amado por seu povo. É que seus poemas moldam a linguagem do seu próprio povo, permanecendo na mente e na língua de crianças, jovens e idosos, em toda a extensão geográfica de sua terra. Este é o caso de Emiliano Fernández”, ressaltou Ortega.

Cê na Sexta
O projeto Cê na Sexta é mais uma das parcerias envolvendo a Fundação Cultural e a Unila e visa difundir a cultura e marcar o encontro da comunidade com a produção artística local. A cada sexta-feira são desenvolvidas atrações nas áreas de dança, música, teatro e literatura. Na música, o responsável é o Regente Gustavo Henrique, nas Artes Cênicas, o ator André Macedo, na Dança, a coreógrafa Sandra Zotovici, e na área de literatura, a escritora Jeane Hanauer.